Um pequeno leopardo ...
Uma esfinge do Egipto ...

Contrato de Adopcao

 

Se desejar pode imprimir aqui o contrato

A REPRODUCAO TOTAL OU PARCIAL DESTE CONTRATO, SEM AUTORIZACAO DA AUTORA,  E PASSIVEL DE PROCEDIMENTO CIVEL E CRIMINAL.

PRIMEIRO OUTORGANTE : GATIL FELINUS AMICUS, com sede na Avenida Padre Cruz, 6, r/c, Casa Amarela, Paco do Lumiar, em Lisboa, inscrito no Clube Portugues de Felinicultura sob o numero 1133, neste acto representado pelo seu proprietario MARIA DE FÁTIMA OLIVEIRA PIRES, adiante designada VENDEDOR;

SEGUNDO OUTORGANTE:

NOME

RESIDENCIA

TELEFONES

adiante designado por ADOPTANTE.

E elebrado livre e de boa fe o presente contrato de adopcao de animal que se rege pelas clausulas seguintes:

Clausula Primeira

O presente contrato tem por objecto o seguinte animal:

Raca

Cor

Nome

Microchip

Clausula Segunda

O animal objecto deste contrato destina-se exclusivamenta para fins de companhia, estando expressamente proibida a procriacao.

Clausula Terceira

A data da entrega do animal :

Clausula Quarta

O Adoptrante declar aceitar a doacao do animal unica e exclusivamente para si mesmo e nao agir em representacao de terceiros.

Clausula Quinta

A doadora, no momento da entrega do animal, se o adoptamte solicitar, dar-lhe-a , como mera cortesia, fotocopia simples do registo do animal.

Um : A doadora, podera, se assim o entender, entregar o registo do animal, apos prova da castracao / esterilizacao do mesmo.

Dois: Podera ser acordada a castracao / esterilizacao do animal, sendo o respectivo custo a cargo do Adoptante.

Clausula Sexta

O Adoptante compremete-se a:

a) dar ao animal uma vida digna e nao o privar da convivencia directa com os membros da familia;

b) em caso algum, o animal vivera numa jaula ou habitaculo de reduzidas dimensoes;

c) dar-lhe as vacinas anuais de acordo com a calendarizacao do veterinario;

d) nunca o abandonar na rua;

e) a respeitar os cuidados e conselhos constantes da lista anexa ao presente contrato e que dele faz parte integrante, nomeadamente em relacao aos cuidados de saude, educacao, higiene, transporte e manutencao do animal.

f) a proporcionar-lhe todo o amor, carinho, seguranca e bem-estar que lhe permita ter uma vida digna e tranquila.

Clausula Setima

a) O animal nao podera ser cedido, a titulo gratuito ou oneroso, sem o consentimento expresso da doadora.

b) a prova da castracao devera ser emitida pelo medico veterinario que efectuou a intervencao cirurgica, que devera ser realizada no prazo de oito dias a contar da cirurgia.

c) se o animal for utilizado em programas de criacao determina o pagamento imediato de uma indemnizacao a doadora, no valor de Euros 2.000,00 (dois mil euros) por cada ilicitude praticada.

Clausula Oitava

O Adoptante declara expressamente que aceita a presente doacao nos termos exarados.

Clausula Nona
Para todas as questoes emergentes do presente contrato de compra e venda de animal os Outorgantes escolhem o foro da Comarca da Lisboa, com renuncia a qualquer outro.

Este contrato corresponde a real vontade dos Outorgantes, livremente negociado, E aceite por eles com todas as clausulas, condicoes e obrigacoes, de que tem direito e perfeito conhecimento, e traduz fielmente a vontade negocial das partes, pelo que se comprometem a respeita-lo e cumpri-lo de Boa Fe, sendo feito, de igual forma e teor, em duplicado, ficando cada um dos exemplares para os Outorgantes

Feito em Lisboa, aos ------------------

A Doadora

 

O Adoptante

ANEXO AO CONTRATO DE COMPRA DE ADOPCAO DE ANIMAL. COMO CUIDAR DO SEU GATO

  1. 1 -  Sempre que necessario, devera limpar os olhos do gato. Primeiro limpar com papel higienico ou kleenex, primeiro seco e depois humedecido com soro fisiologico.
  2. 2 - Os ouvidos deverao ser limpos, uma vez por semana, com liquido proprio para o efeito, por exemplo, Oto-clean ou Ear Care Lotion.
  3. 3 - Unhas: o seu gato devera dispor de uma tabua ou um poste para afiar as unhas; de qualquer forma deverao ser cortadas mensalmente.
  4. 4 - Escovar o pelo semanalmente contribui para retirar os pelos em excesso, que deste modo nao serao engolidos pelo gato.
  5. 5 -  Quando banhar o gato devera ter muito cuidado para evitar que entre agua para os olhos, nariz e ouvidos.
  6. 6 - Em seguida, retire o excesso de agua com uma toalha e depois passe novamente por outra toalha, e assim o animal esta praticamente seco.
  7. 7 - Evite correntes de ar, alteracoes de temperatura, que poderao provocar constipacoes no animal.
  8. 8 - Tenha muita atencaoas janelas abertas: os gatos nao tem asas e uma queda podera ser fatal.
  9. 9 -  Devera, tambem, ter muito cuidado com plantas e assegurar-se que nao sao ingeridas pelo gato.
  10. 10 - Devera manter sempre limpa a caixa das necessidades: retirar diariamente os excrementos e semanalmente devera limpar o tabuleiro, lava-lo  e colocar areia nova.
  11. 11 - Desaparasite o gato de 3 em 3 meses, com Milbemax ou Panacur gatos: ter atencao a relacao do peso do gato com a dose de comprimido que deve ser administrada.
  12. 12 - Diariamente podera dar-lhe vitaminas: Nutriplusgel ou Felovithe.
  13. 13 - Mantenha sempre a vacinacao em dia.
  14. 14 - Se notar um comportamento anormal no seu gato, consulte o seu veterinario: nao opte por dar medicamentos que poderao causar prejuizos irreparaveis, pois contrariamente aos caes, os medicamentos para humanos sao muitas vezes mortais para os gatos, como e o caso da vulgar Aspirina.
  15. 15 O seu gato devera comer sempre racao seca.
  16. 16 - Mantenha sempre agua fresca a disposicao do seu gato, mude a agua diariamente, depois de previamente ter lavado o bebedouro.
  17. 17 - Mantenha sempre racao em quantidade suficiente para o animal poder comer sempre que necessite, mas evite colocar grandes quantidades, pois a comida perde qualidade em contacto com o ar ambiente.